menu

À conversa com... António Paraíso

Além de um brilhante consultor e speaker, o Dr. António Paraíso é também formador do MBA em Logística e Supply Chain Management.

Fale-nos um pouco da sua experiência.
Licenciei-me em Gestão em Portugal e depois fiz um curso de especialização em Comércio Internacional em Inglaterra, na London School of Foreign Trade. De Londres, segui para Stuttgart, onde vivi seis meses e estagiei no Departamento de Exportação da filial alemã, de uma empresa multinacional americana. Quando regressei a Portugal, trabalhei em negócios internacionais. Fui gestor de mercados e mais tarde Diretor Comercial em quatro empresas portuguesas, durante 19 anos. Era responsável por desenvolver negócios nos mercados internacionais, para as empresas onde trabalhei. Fiz negócios em mais de 40 países nos cinco continentes. Aprendi a importância crucial de conhecer bem os aspectos que caracterizam uma cultura e um povo, para depois me adaptar e conseguir fechar negócios. Atualmente, tenho o meu próprio negócio, desde 2005, em que eu faço sobretudo aconselhamento de empresários e gestores, formação de executivos em empresas e palestras em eventos empresariais, em temas de marketing e desenvolvimento de marca, internacionalização, vendas e relacionamento comercial, inovação e mercados de luxo. 

Qual a diferença entre internacionalização e globalização?
A globalização é um processo de aproximação e integração económica, política e sociocultural dos países do Mundo, processo esse que acontece sobretudo em consequência da significativa redução dos custos de transporte de pessoas e mercadorias, bem como do acesso cada vez mais fácil e livre a informação. Por seu lado, a internacionalização é um processo de entrada estrategicamente pensada e planeada de uma empresa num novo país ou região do mundo, para aí desenvolver negócios. São processos diferentes, em que a internacionalização fica relativamente facilitada e com maior potencial de desenvolvimento, num ambiente de globalização crescente.

Quais os passos para a internacionalização de um negócio?
Os principais passos para a internacionalização passam essencialmente por:
  • A Administração ter grande motivação para avançar nos mercados internacionais. Quando a gestão de topo não está envolvida no processo, as dificuldades serão maiores;
  • Identificar os mercados externos onde o nosso produto tenha procura e possa ser valorizado ou então ter capacidade para desenvolver novos produtos para os quais haja procura importante em determinados mercados;
  • Pensar e definir uma estratégia de entrada nos mercados internacionais e desenhar o plano de entrada nos mercados;
  • A empresa possuir organização interna eficiente para cumprir com a qualidade exigida e prazos de entrega, executar o plano definido, bem como solidez financeira para poder investir em estudos de mercado para detectar oportunidades, visitas aos mercados para compreender o que eles querem e como funcionam, procura dos clientes adequados nesses mercados.

Quais os principais cuidados que uma empresa deve ter quando entra num processo de internacionalização?
Quando uma empresa decide avançar para os mercados internacionais tem de estar ciente que as dificuldades são muitas e os imprevistos acontecem com razoável frequência. Para reduzir os reduzir será necessário:
  • Recolher muita informação sobre os mercados onde pretende trabalhar;
  • Fazer planeamento com base na informação recolhida;
  • Procurar entender a cultura local para saber lidar e negociar com clientes e fornecedores;
  • Estar disponível para fazer adaptações aos produtos / serviços que quer vender;
  • Estar disponível para investir no processo de internacionalização, melhorando produtos, visitando os mercados, expondo em feiras, contratando profissionais qualificados, entre muitas outros investimentos que são necessários;
  • Por fim, ter muita paciência, tolerância esforço e dedicação ao trabalho, pois os resultados demoram tempo a acontecer, nos negócios internacionais.
 
06 Jul, 2017
2016 © CLT Services   |   Resolução de conflitos de consumo   |   Developed by Inovlancer 2016 © CLT Services
Resolução de conflitos de consumo
Developed by Inovlancer
DGERT
close
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

CICAP – Tribunal Arbitral de Consumo
Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto
+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91
cicap@cicap.pt
Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt