menu

A Evolução do Lean (Parte III)

Lean to the Future (Parte 3 de 3)
 
Chegamos à terceira e última parte desta pequena viagem sobre a evolução do Lean, iniciamos a jornada com uma abordagem sobre o seu nascimento, seguindo-se o desenvolvimento e o seu nível de implementação no presente.
 
Vamos agora dar um passo em frente procurando vislumbrar o que o futuro nos reserva.
 
A base da filosofia Lean está contida em duas palavrinhas tantas vezes repetidas, mas nem sempre compreendidas como a sua dimensão e significância merecem. Melhoria Contínua, todos já ouvimos falar dela, no entanto, vamos revisitar novamente a sua definição.

A Melhoria Contínua é uma Filosofia de mudança gradual e sem fim, foca-se não só no combate ao desperdício, mas também no aumento gradual de eficácia e eficiência tanto na resolução de problemas como no alcance de novos e ousados objetivos. Abrange o aperfeiçoamento do plano estratégico, dos resultados operacionais, do serviço prestado ao cliente, do bem-estar dos funcionários, das relações com os fornecedores, no fundo encerra em si todos os âmbitos presentes numa organização.

Toyota Production System em que o pensamento magro se baseia, já tem mais de 60 anos e, segundo os próprios criadores, não chegou nem nunca chegará ao seu destino, pois o mesmo não tem um futuro definido. Tal como um comboio construtor (à medida que avança coloca os seus próprios carris), o Lean construirá o seu futuro enfrentando os desafios que nunca deixarão de existir.

Lean não deve ser visto apenas como uma metodologia mas sim, como uma filosofia baseada em métodos, porém nunca limitada por estes (longe disso)! Os métodos são concebidos de forma a apoiar esta forma de pensamento. Assim, no futuro, novos métodos e ferramentas surgirão em ordem a serem aplicadas com o intuito de avançar mais e mais desenhando, ao longo do tempo, novas metas passíveis de ultrapassar.

Um excelente exemplo disso mesmo está presente no artigo “A terceira geração do pensamento lean” de um dos maiores percussores do pensamento Lean em Portugal Dr. João Paulo Pinto.

“A terceira geração do pensamento lean propõe-se a integrar a teoria das restrições (ToC) para focalização do negócio e a metodologia six sigma para o fine tuning dos processos. No que diz respeito ao desenvolvimento de pessoas lean, há ainda pela frente muitos desafios: desenvolver o conceito de lean coaching recorrendo à abordagem Toyota Kata e ao Método Harada.“

Lean Thinking vingará no futuro, pois coloca em prática os princípios que defende. Melhora de dia para dia, é realmente dinâmico, muda, adapta-se e Evolui.
 
“Continuous improvement is not about the things you do well — that’s work.
Continuous improvement is about removing the things that get in the way of your work.
The headaches, the things that slow you down, that’s what continuous improvement is all about.”
 
Bruce Hamilton
 

*Back to the Future are registered trademarks and copyrights of Universal City Studios, Inc. and U-Drive Joint Venture.


Pretende ler os artigos anteriores? Deixamos aqui os links:
Parte 1 de 3
Parte 2 de 3
 
João Castro
ex-Consultor CLT Services

consulting@cltservices.net
936 000 079/88 | 223 277 835
14 Abr, 2016
2016 © CLT Services   |   Resolução de conflitos de consumo   |   Developed by Inovlancer 2016 © CLT Services
Resolução de conflitos de consumo
Developed by Inovlancer
DGERT
close
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

CICAP – Tribunal Arbitral de Consumo
Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto
+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91
cicap@cicap.pt
Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt