menu

O que é um problema?

Para a Toyota Motor Corporation problema é definido como um desvio (gapentre a situação actual e a situação ideal (ou pretendida), tal como mostra a figura que serve de capa a este artigo. Entenda-se a situação ideal como o padrão ou a referência. Ou seja, qualquer desvio ao padrão é um problema. Todas as outras coisas que nas empresas se chamam de “problemas” são meras ocorrências resultantes da falta de padrões (ou do não seguimento dos existentes).
Empresas que não têm padrões de trabalho bem definidos não se podem queixar de problemas pois não têm uma base de comparação entre o desempenho actual e o pretendido. São empresas felizes… certo? Muitas nem se dão conta da confusão onde vivem, acham que é mesmo assim porque nunca conheceram outra realidade.

A definição de padrões é fundamental pois estes constituem o referencial para as actividades a realizar. É sempre preferível um mau padrão que padrão nenhum (e já agora, se reconhecemos que o padrão é mau, porque não melhorá-lo?). Definir padrões para depois não serem seguidos é o mesmo que não os ter (em alguns casos pode até ser pior porque desmotiva quem os criou e quem acredita neles). Uma Empresa que não define os seus padrões e não cria condições para que sejam seguidos e melhorados arrisca-se a que cada colaborador defina o “seu padrão” e aí cada um puxa para seu lado, cada um faz à sua maneira e tudo se torna imprevisível e caótico.

Os padrões devem estar formalmente descritos (escritos, esquematizados e bem documentados). Não se sustentam padrões na memória das pessoas. Os padrões uma vez definidos podem (e devem) ser alterados ou melhorados, mas isso resultará sempre de um acordo entre todos.

Termino com uma frase de um CEO Alemão de uma Empresa nossa parceira: “os Alemães não gostam de surpresas, nem das boas!”. Se também pensa assim, aposte em criar padrões na sua Empresa e a segui-los. Na minha opinião, a ausência de padrões (e o seu respeito) explica muito do atraso deste país (os problemas com o SIRESP ou o assalto em Tancos são apenas dois exemplos recentes).

Se precisar de ajuda ou orientação na criação de padrões não hesite em contactar. Temos uma grande experiência em consultoria e formação neste domínio.

Pense Lean, seja Ágil.

João Paulo Pinto
(https://www.linkedin.com/pulse/o-que-%C3%A9-um-problema-joao-paulo-pinto-phd-msc-eng-?trk=mp-reader-card)
05 Jul, 2017
2016 © CLT Services   |   Resolução de conflitos de consumo   |   Developed by Inovlancer 2016 © CLT Services
Resolução de conflitos de consumo
Developed by Inovlancer
DGERT
close
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

CICAP – Tribunal Arbitral de Consumo
Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto
+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91
cicap@cicap.pt
Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt