menu

TPM MANUAL

Compreender e consciencializar para a implementação da TPM
Autor: João Paulo Pinto Edição / reimpressão: 2017 Páginas: 62 Editor: Euedito
ISBN: -- Coleção: Comunidade Lean Thinking PVP: 12,00€, nota: portes de envio 1,00€ para Portugal continental (portes não incluidos)

Sinopse

Após a Segunda Grande Guerra, a indústria Japonesa, determinada a competir nos mercados internacionais, teve de melhorar a qualidade e a produtividade das suas fábricas. Para isso, os Japoneses melhoraram a gestão e as técnicas de produção com a ajuda de especialistas norte-americanos. Subsequentemente, os seus produtos tornaram-se conhecidos por todo o mundo pela sua qualidade superior e baixo preço, chamando a atenção para as técnicas de produção Japonesas.
Um dos pilares do sucesso Nipónico foi a abordagem desenvolvida para a área da manutenção: a TPM (Manutenção Produtiva Total ou Total Productive Maintenance). O conceito de manutenção produtiva (PM) havia sido apresentado pelos norte-americanos nos anos 1950’s para apoiar as actividades de manutenção militar, contudo os Nipónicos cedo se aperceberam que se desdobrassem a responsabilidade pela manutenção dos equipamentos e instalações por todos aqueles que directa ou indirectamente actuam com eles obteriam melhores resultados.
Afinal o que é a TPM? Não é uma questão fácil de responder dado que cada profissional ou cada Empresa poderá fazer a sua interpretação. De um modo simples, TPM é uma abordagem desenvolvida pela indústria Nipónica de forma a garantir uma manutenção eficaz e eficiente (e por isso produtiva) capaz de responder aos desafios do sistema de fabrico just in time num contexto de gestão total da qualidade (TQM – total quality management).

TPM é uma abordagem holística à função manutenção, que visa a perfeição dos processos através de:

  • Zero paragens;

  • Zero defeitos;

  • Zero acidentes.

Adquirir Publicação
Política de Privacidade
2016 © CLT Services   |   Resolução de conflitos de consumo   |   Developed by Inovlancer 2016 © CLT Services
Resolução de conflitos de consumo
Developed by Inovlancer
DGERT
close
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo:

CICAP – Tribunal Arbitral de Consumo
Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto
+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91
cicap@cicap.pt
Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt